O Evangelho Segundo João

A confiabilidade do evangelho de João é atestada por manuscritos e artigos (desde o final do primeiro século) do que qualquer obra literária da antiguidade.

João evangelistaOrigem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Evangelho Segundo João é, na Bíblia, o quarto e último evangelho antes dos Atos dos Apóstolos, Cartas Paulinas e Apocalipse.

Sua autoria é tradicionalmente atribuída a João, o "discípulo amado", irmão de Tiago, e foi escrito entre os anos 95 e 100, tendo sido cronologicamente o último a ser escrito.

A maior parte dos seus relatos é inédita em relação aos outros três evangelhos, o que sugere que o autor tivesse conhecimento do conteúdo deles ao escrever seu livro. Mais da metade deste evangelho é dedicado a eventos da vida de Jesus Cristo e suas palavras durante seus últimos dias. O propósito de João foi inspirar nos leitores a fé em Jesus Cristo como o Filho de Deus e o versículo que resume este propósito é Jo 20:31.

João também dá ênfase à total dependência humana em relação a Deus para a salvação.

O Papiro Rylands é o fragmento mais antigo do manuscrito do Evangelho de João; data aproximada - ano 125 E.C.
Manuscritos


O Papyrus P52 da biblioteca de Rylands, também conhecido como o fragmento do São João, é um fragmento do papiro exposto na biblioteca de John Rylands, Manchester, Reino Unido. Contêm partes do Evangelho de João 18:31 - 33, no grego, e no verso contêm linhas dos versos 37-38.

Embora Rylands P52 seja aceito geralmente como registro canônico, a datação do papiro é de nenhuma maneira assunto de consenso entre críticos. Mas o estilo da escrita, leva a uma data entre o anos 125 e 160 E.C..

Nenhum comentário:

Sites interessantes