Biografia de Gustave Flaubert

Um dos maiores prosadores da França no século XIX como também um dos principais nomes da literatura mundial de todos os tempos.

Gustave_FlaubertGustave Flaubert (nasceu no dia 12 de dezembro de 1821, em Ruão – e morreu dia 8 de maio de 1880, em Croisset) foi um escritor francês, considerado um dos maiores escritores ocidentais.
Filho de um médico, cresceu no hospital onde seu pai era cirurgião-chefe. Após ter sido reprovado nos exames de direito na Universidade de Paris, começou em 1843 a escrever seus romances. Escreveu ainda Salambô, uma reconstituição da civilização Cartaginense na época das guerras púnicas. Veio-lhe a idéia dessa obra, após sua visita às ruínas de Cartago em 1862.
Gustave Flaubert é também autor das obras: A Tentação de Sto. Antonio (1874), A Educação Sentimental (1869) e Três Contos, entre outros. Em 1844, com epilepsia, se isola em um sitio pertecente à seu pai. Em 1856, após cinco anos de trabalho, publica Madame Bovary, seu romance realista mais conhecido, no qual critica os valores românticos e burgueses da época.


Literatura

Ele foi acusado pelo governo francês de ter escrito uma "obra execrável sob o ponto de vista moral". Mas foi absolvido pela Sexta Corte Correcional do Tribunal do Sena, em Paris, em fevereiro de 1857.
Resultado de cinco anos de trabalho, seu romance de estréia, Madame Bovary, é uma dura depreciação dos valores burgueses. Segundo alguns críticos conservadores, Flaubert ridicularizou sua própria condição social. Mas com a sua lentidão em produzir levou mesmo um crítico a afirmar que ele "era pouco dotado para escrever"… É claro que a história fixou o nome de Flaubert, mas esqueceu o do exigente crítico.
Em 1840, como prêmio por ter concluído os estudos secundários, ganhou uma viagem para os montes Pirineus e para a ilha de Córsega. Ao passar por Marselha, viveu um namoro com Eulália Foucaud de Langlade. O idílio foi inspiração para a obra A Educação Sentimental. Entre 1849 e 1851, o autor viajou para a África, onde colheu informações para Salambô, sobre a queda de Cartago.
Flaubert foi um dos mestres do Realismo, movimento estético de reação ao Romantismo europeu no século XIX, influenciado pelas teorias científicas, a Revolução Industrial e a linha filosófica de Augusto Comte. Ele levou à perfeição o ideal do romance realista de harmonizar a arte e a realidade. Sua obra se caracteriza pelo cuidado na sintaxe, na escolha do vocabulário e na estrutura do enredo.
A obra mais famosa, de Flaubert, é Madame Bovary, que provocou um processo por "obra execrável sob o ponto de vista moral". O processo terminou finalmente com a absolvição do autor em 7 de fevereiro de 1857.
Em 1866, recebeu a Legião de Honra do governo francês. Pouco antes de sua morte, vendeu propriedades para evitar a falência do marido de sua sobrinha. Passou a viver de um salário como conservador da Biblioteca Mazarine.

Nenhum comentário:

Sites interessantes